Campo Grande-MS 24.08.2017
Volkswagen apresenta o melhor Jetta de todos os tempos
Quarta-Feira, 15.10.2014 às 13:00
Volkswagen apresenta o melhor Jetta de todos os tempos
Alta performance com baixo consumo de combustível
Imprensa Volkswagen
Para o Portal Top Vitrine
Divulgação/Volkswagen
Sedã foi completamente redesenhado
Divulgação/Volkswagen
Modelo será produzido na Fábrica Anchieta em 2015
Divulgação/Volkswagen
Visual sofisticado e ergonomia excepcional

A Volkswagen apresenta o Novo Jetta, redesenhado e com a engenharia avançada. Os designers criaram um novo visual para a dianteira e para a traseira do Jetta (opcionalmente com faróis de xenônio e lanternas traseiras em LEDs).

 

Os designers de interior deram ao novo modelo uma aparência ainda mais sofisticada e confortável, novo volante e detalhes de decoração. Por tudo isso, este é o melhor Jetta de todos os tempos.

 

Com relação ao trem de força, o Jetta Highline é equipado com motor 2.0 TSI de 211 cv e transmissão automática DSG com dupla embreagem e seis marchas.

 

Clique sobre as imagens para ampliá-las

 

Entre as características que tornaram o Jetta um dos carros mais admirados e desejados, sempre se destacou seu comportamento dinâmico. O Novo Jetta mantém essa tradição e chega com um conjunto mecânico alinhado com o que existe de mais moderno no mundo.

 

A nova geração do motor 2.0L TSI, da família EA888, que desenvolve 211 cv a 5.500 rpm, utiliza, sistema de injeção direta de combustível, turbocompressor e possui quatro válvulas por cilindro, com comando de válvulas variável, gerando uma curva de torque plana a partir de baixas rotações. Ele é uma referência do conceito de downsizing: alta performance com baixo consumo de combustível.

 

Soma-se a isso o fato de o motor 2.0 TSI estar associado à transmissão automática DSG com dupla embreagem e seis velocidades, que executa trocas de marchas com muita rapidez e suavidade, sem interrupção de torque. A transmissão também pode ser acionada manualmente por meio da alavanca posicionada no console ou pelas borboletas (shift paddles) posicionadas junto ao volante.

 

Novo design e aerodinâmica aperfeiçoada

 

Dianteira mais afilada. A Volkswagen reestilizou a dianteira e a traseira do Jetta, melhorando seu desempenho aerodinâmico. A novidade pode ser identificada imediatamente pela nova dianteira, com a grade do radiador redesenhada, atravessada por três barbatanas, faróis opcionais bixenônio com iluminação de curvas, indicadores direcionais e luzes de condução diurna de LEDs, além de um novo para-choque.

 

Os faróis bixenônio têm design especialmente diferenciado. As luzes de condução diurna são formadas por 15 LEDs, ao lado e abaixo do módulo de xenônio. Elas criam uma assinatura luminosa inconfundível de dia ou à noite. Um elemento cromado entre as luzes de condução diurna de LEDs e o módulo de xenônio destaca ainda mais os faróis.

 

A nova faixa visual formada pela grade do radiador e os faróis, assim como a entrada de ar aumentada, dão ao Jetta uma aparência mais imponente e exclusiva.

 

Traseira esportiva. Assim como a dianteira, a parte de trás do carro também foi modificada pelos designers. Desse ângulo, a tampa do porta-malas, os logos e o para-choque identificam o Novo Jetta. Uma característica típica do DNA de design da Volkswagen é a orientação inconfundível das linhas traseiras. A tampa do porta-malas tem uma borda aerodinâmica.

 

Nas laterais, as linhas desse defletor integrado se estendem para os para-lamas traseiros e no contorno bem definido da silhueta do carro, junto à chamada linha de caráter. Sob ela ficam as novas lanternas traseiras em LEDs na versão Highline, formando uma faixa brilhante, juntamente com o logotipo Volkswagen.

 

Em posição inferior, as linhas laterais da tampa do porta-malas (com largura de acesso otimizada) agora correm para baixo, dominando o design. Na parte de baixo, o novo para-choque e a ponteira dupla de escapamento complementam o visual imponente da traseira do Jetta.

 

Aerodinâmica otimizada. A Volkswagen introduziu numerosas modificações no design e equipamento do Jetta. O carro tem agora 4.659 mm de comprimento, 1.778 mm de largura (sem espelhos) e 1.473 mm de altura. Algumas dessas mudanças podem ser percebidas à primeira vista. Em relação à dianteira, o arrasto aerodinâmico foi reduzido pelo novo para-choque, aperfeiçoamento das entradas de ar e otimização das calhas nas laterais das colunas “A”. Um olhar mais de perto revela mudanças nos painéis inferiores da carroceria junto ao eixo traseiro.

 

Interior aprimorado

 

Novos instrumentos circulares. Um entre os muitos pontos fortes do Jetta é seu interior, que eleva o carro à categoria imediatamente superior com seu amplo espaço, visual sofisticado e ergonomia excepcional com controles intuitivos. Tudo isso foi aperfeiçoado no Novo Jetta.

 

A atualização do Novo Jetta Highline é evidenciada pelo novo conjunto de instrumentos, com aparência circular, um mostrador central colorido multifuncional, uma nova geração de volante, novos detalhes no console central, acabamento em preto brilhante ao redor da alavanca do câmbio, novos frisos cromados ao redor dos controles do sistema Climatronic, novos controles das saídas de ar e iluminação ambiente (maçanetas e assoalho dianteiro).

 

O interior do Novo Jetta Highline oferece a mais minuciosa perfeição e operação intuitiva. O layout dos instrumentos é extremamente intuitivo. Logo acima da alavanca de câmbio ficam os controles do console central para o sistema de climatização, rádio e navegação. Nessa região, o console é ligeiramente voltado para o motorista para criar um cockpit que atenda de forma ideal às necessidades do condutor. Em todas as versões do Novo Jetta, o banco traseiro é rebatível e dividido na proporção 40/60, aumentando a versatilidade do interior.

 

O porta-malas pode ser aberto remotamente, de dentro do carro. O Novo Jetta Highline conta de série com seis airbags (dois airbags frontais, dois laterais na frente e dois airbags para tórax e cabeça próximo ao topo das janelas laterais, que proporcionam proteção ainda maior contra a ejeção do carro em caso de capotagem).

 

Carro global, produção nacional

 

A Volkswagen do Brasil anunciou em setembro a produção nacional do Novo Jetta, na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). A produção nacional do modelo vai complementar a importação atual do México, para que a marca possa atender à demanda do modelo no Brasil. O montante investido para as adequações na linha faz parte dos R$ 10 bilhões que a empresa vai investir no País até 2018.

 

“A produção nacional do Novo Jetta é uma importante etapa da Volkswagen em seu processo de Conexão Tecnológica com a matriz na Alemanha, que proporciona a chegada de modelos e tecnologias mundiais aqui no País”, afirma Thomas Schmall, presidente da Volkswagen do Brasil.

 

Depois do up! na fábrica de Taubaté (SP), do anúncio da produção nacional do Novo Golf na fábrica de São José dos Pinhais (PR) e do lançamento da família global de motores EA211 o Novo Jetta será o terceiro modelo mundial a ser produzido no Brasil e demonstra o crescimento sustentável e qualitativo da empresa e sua linha de produtos no Brasil.

 

A fábrica Anchieta estará recebendo a infraestrutura e as novas instalações para a produção do modelo que será iniciada já no primeiro semestre de 2015, com capacidade de produção anual de 18 mil unidades.

 

A fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo, foi inaugurada em 18 de novembro de 1959. Foi a primeira da marca fora da Alemanha e já produziu mais de 12,5 milhões de veículos desde sua inauguração.

21 ABRIL - SEG
Ford apresenta o novo Escort no Salão de Pequim
07 OUTUBRO - SEX
Nova fábrica da Nissan no Brasil
31 JULHO - QUA
Linha Honda CG 2014
23 MARçO - SEX
A partir de R$ 86.990
Busca Detalhada
Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja em termos de noticías.