Campo Grande-MS 28.04.2017
Filme questiona os tempos caóticos que vivemos
Quinta-Feira, 07.05.2015 às 12:00
Filme questiona os tempos caóticos que vivemos
Um Pombo Pousou num Galho Refletindo sobre a Existência
Léo Rolim
Para o Portal Top Vitrine
Divulgação
Vencedor do Festival de Veneza 2014
Divulgação
O apego à matéria até na hora da morte
Divulgação
Como Don Quixote e Sancho Panza
Divulgação
A derradeira fragilidade da humanidade

Como um Don Quixote e um Sancho Panza modernos, dois homens (Sam e Jonathan), cansados da vida que estão vivendo como caixeiros-viajantes, vendem objetos inovadores e artefatos engraçados que mostram uma percepção sobre o mundo caótico do presente, o passado e o futuro – um mundo de sonhos e fantasias. Os dois nos conduzem por uma jornada caleidoscópica através do destino humano.

 

É uma viagem que revela a beleza de momentos únicos, a insignificância de outros, o humor e a tragédia escondidos dentro de nós, a grandeza da vida e a derradeira fragilidade da humanidade. Vidas diversas e circunstâncias que desfilam à nossa frente, nos lembrando ambas da grandeza da vida e da vulnerabilidade do homem.

 

Três encontros com a morte: um homem morre de ataque cardíaco numa tentativa enérgica de abrir uma garrafa de vinho enquanto a esposa distraída continua a preparar o jantar na cozinha. Uma idosa em seu leito de morte agarra uma bolsa cheia de joias enquanto seus filhos tentam desesperadamente tirá-la de suas mãos: “Você não pode levar isto para o Céu, mãe, você vai ganhar novas joias no Céu...” Um passageiro cai morto na lanchonete de uma balsa, tendo acabado de pagar por seu almoço. O caixa pergunta: “Alguém quer isto? É de graça.”

 

Sam e Jonathan são dois caixeiros-viajantes que vendem objetos inovadores. Como Don Quixote e Sancho, eles nos conduzem por uma jornada caleidoscópica através de múltiplos destinos humanos.

 

É uma viagem que revela a beleza de momentos únicos, a insignificância de outros, o humor e a tragédia escondidos dentro de nós, a grandeza da vida e a derradeira fragilidade da humanidade.

 

Os vendedores são uma dupla improvável: eles vendem máscaras grotescas para festas e discutem continuamente. Sam, que se considera o cérebro da operação, é incessantemente arrogante com seu companheiro. Jonathan, lento e fleumático, encontra felicidade no simples ato de comer. Sam e Jonathan inspiram hilaridade assim como gravidade e nos acompanham através de uma série de momentos ricos e surpreendentes: O capitão da balsa abandonou a vida no mar e agora tem um salão de cabeleireiro, mas seu único cliente vai embora depois de ouvir que ele só tem experiência cortando cabelo no exército.

 

Uma dançarina de flamenco revela seu afeto tocando um de seus alunos. Fora do estúdio de dança, uma faxineira ao telefone celular exclama: “Fico feliz em saber que você está se saindo bem!” Mais tarde, um oficial observa a dançarina de flamenco e seu aluno através da janela de um restaurante enquanto espera por um encontro enigmático e persistentemente adiado. Ao fazer uma ligação, ele pergunta: “Foi engano meu? Fui eu quem cometeu um erro?”

 

Dentro de um bar, um antigo cliente taciturno e parcialmente surdo pede outra dose. Outros dois clientes observam: “Sessenta anos – são muitas doses!” “Como a vida seria sem uma dose ou outra?” Por um instante, é 1943 e o cliente está bebendo quando jovem. Marinheiros e soldados não têm dinheiro e usam beijos como moeda para comprar drinques no pub de Limping Lotta.

 

Numa cozinha, um marido está sentado perto da janela enquanto a esposa dá um telefonema: “Fico feliz em saber que você está se saindo bem!” Duas garotas numa sacada fazem bolhas de sabão enquanto debruçam-se perigosamente na beirada. Um exército do século XVIII com homens a cavalo e a pé marcha na direção de Moscou. Seu rei para num bar dos dias atuais com seus homens, insultando seus clientes e o gerente. Em outro bar, o oficial está reclamando de seu encontro, que foi cancelado mais uma vez.

 

O desesperado diretor executivo de uma empresa, com uma arma na mão, está de pé de frente para a sua mesa, falando ao telefone: “Fico feliz em saber que você está se saindo bem!” Depois de experimentar uma derrota humilhante, o outrora confiante exército do século XVIII é reduzido a remanescentes molengas.

 

No bar, um oficial cansado resmunga para qualquer um que possa ouvir: “Se ao menos não tivesse chovido”. Num laboratório, enquanto um macaco sofre choques elétricos numa experiência diabólica, uma cientista conversa ao telefone celular: “Fico feliz em saber que você está se saindo bem!” Um gigantesco e grotesco órgão antigo de cobre, rodeado de soldados coloniais britânicos, extrai uma música maravilhosa dos gemidos deploráveis de prisioneiros africanos que assam lentamente lá dentro... 

 

Os vendedores Sam e Jonathan nos ajudam a navegar por esse universo de rostos estranhos embora familiares enquanto vendem suas próprias mercadorias excêntricas. Em suas várias abordagens de venda, eles lutam para convencer compradores em potencial de que as pessoas precisam de comédia e diversão. Os dois não acham seus produtos particularmente divertidos, mas dão o seu melhor para convencer os outros. Numa loja de artigos engraçados, enquanto tentavam, sem sucesso, vender seus itens, Jonathan assusta uma cliente com uma máscara do “One-Tooth-Pete” (“Pedro Sem Dente”).

 

Em outra loja, eles tentam, sem sucesso, coletar um dinheiro que lhes é devido. Os fornecedores dos objetos inovadores logo vão ligar para Sam e Jonathan para exigir o pagamento de sua própria dívida. Mais tarde, num café, Jonathan vê uma bela mulher mostrando os pés para tirar uma pedra de seu sapato. Ele fica tocado com a cena, mas outro cliente comenta: “O que tem de tão especial nisso?”

 

Nós vagamos através de Um Pombo Pousou num Galho Refletindo sobre a Existência provando da beleza e do absurdo do nosso estar no aqui e agora, cercados por outros parecidos demais com nós mesmos.

 

A estreia no Brasil está prevista para 14 de maio.

 

Ficha técnica

 

Título: Um Pombo Pousou num Galho Refletindo sobre a Existência

Estreia nos cinemas brasileiros é prevista para 14 de maioFilmeTítulo original: En Duva Satt På En Gren Och Funderade På Tillvaron

Gênero: Drama – Comédia

País: Suécia | Alemanha | Noruega | França

Ano: 2014

Formato: Cor

Brilhante carreira internacional e elogiado pela critica

Duração: 100 minutos

Direção: Roy Andersson

Roteiro: Roy Andersson

Produtora: Pernilla Sandström

Produtor Delegado: Johan Carlsson

Coprodutores: Philippe Bober, Håkon Øverås

Produtores Executivos: Sarah Nagel, Isabell Wiegand

Produtora: Roy Andersson Filmproduktion AB

Fotografia: István Borbás, Gergely Pálos

Desenho de Produção: Ulf Jonsson, Julia Tegström, Nicklas Nilsson, Sandra Parment, Isabel Sjöstrand

Coordenação e Continuísmo: Jane Ljung

Figurino: Julia Tegström

Maquiagem e Cabelo: Linda Sandberg

Som: Robert Hefter FSS

Mixadores: Robert Hefter FSS, Owe Svensson FSS

Elenco: Sophia Frykstam, Zora Rux, Katja Wik, Stig-Åke Nilsson, Andrea Eckerbom

Edição: Alexandra Strauss

Classificação: Não recomendada para menores de X anos

Distribuição: Mares Filmes

08 JANEIRO - QUA
Especial Amanda Seyfried
20 SETEMBRO - QUI
Meus Dias no Cairo
07 SETEMBRO - SEX
Totalmente Inocentes
21 DEZEMBRO - SEX
A Filha do Pai
Busca Detalhada
Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja em termos de noticías.