Campo Grande-MS 01.05.2017
Conservação da natureza
Sexta-Feira, 19.07.2013 às 00:01
Conservação da natureza
Fundação Boticário recebe inscrições para novos projetos
Maria Luiza Campos – Boticário
Revista Top Vitrine
Divulgação/Boticário
Projeto Arara Azul

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza divulgou a lista das novas iniciativas de conservação da natureza que serão apoiadas a partir do segundo semestre deste ano. No total, serão investidos R$ 1.388.638,19 em 19 novos projetos e programas, nos seis biomas brasileiros.

 

Clique sobre a imagem para ampliá-la

 

A maior parte das ações (11) acontecerá no mais ameaçado deles, a Mata Atlântica, em cuja extensão vivem mais de 100 milhões de brasileiros, conforme dados apurados em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

Uma novidade positiva dessa edição é o número considerável de iniciativas relativas ao ecossistema marinho, que terá seis pesquisas apoiadas. Entre elas, destaca-se o projeto “Uso de habitat e estimativa da população do boto-cinza (Sotalia guianensis) na Baía de Benevente, no sul do Espírito Santo”, que será realizado pelo Instituto Aqualie.

 

Essa espécie de boto consta na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) como “Deficiente de Dados”, por não haver informações suficientes sobre seu status de conservação no país. Atualmente, porém, são reconhecidas diversas ameaças ao boto-cinza, tais como pesca predatória, poluição e deterioração do habitat, o que potencializa ainda mais a importância dessa pesquisa.

 

Programas buscam soluções a longo prazo

 

Além de projetos como o do boto-cinza, desenvolvidos em até dois anos, também são apoiadas iniciativas de maior duração (até quatro anos). Chamadas de programas, elas visam a apoiar instituições para que empreendam ações de médio a longo prazos, resultando em medidas efetivas e práticas de conservação da natureza.

 

Nessa linha de financiamento serão apoiados dois programas, a partir do segundo semestre. Um deles, que será realizado em diversas regiões brasileiras pela Fundação de Apoio à Pesquisa (Funape), de Goiás, pretende incentivar a adoção de novas políticas públicas de conservação.

 

Para isso, será avaliado como diferentes estratégias de proteção do meio ambiente no país consideram os impactos das mudanças climáticas em suas propostas de ações. O outro programa será focado na Mata Atlântica e na Caatinga e será realizado pela Sociedade para a Conservação das Aves do Brasil (Save Brasil), com foco na avifauna desses biomas.

 

Com ação em quatro Estados (São Paulo, Paraná, Bahia e Rio de Janeiro), essa iniciativa pretende registrar e monitorar aves brasileiras como ferramenta para a conservação.

 

Em 23 anos de atuação, a Fundação Grupo Boticário já se firmou como uma das maiores financiadoras, ligadas à iniciativa privada, de iniciativas de conservação da natureza brasileira. Ao todo, 1.353 iniciativas já foram apoiadas em todos os estados brasileiros.

 

Para conferir a lista completa das 17 novas iniciativas selecionadas no Edital de Apoio a Projetos, bem como os respectivos técnicos e instituições responsáveis por cada uma delas, acesse o sitewww.fundacaogrupoboticario.org.br, no caminho O que fazemos > Editais > Projetos aprovados.

 

Inscrições para novos projetos estão abertas

 

O apoio a iniciativas de conservação da natureza feito pela Fundação Grupo Boticário é estruturado em três linhas de financiamento: dois editais de chamada pública (para projetos de até dois anos) e o Apoio a Programas, que contempla iniciativas de até  quatro anos e com maiores valores de financiamento, em torno de R$400 mil.

 

As inscrições para os editais podem ser realizadas até 31 de agosto, no site www.fundacaogrupoboticario.org.br, por meio do link O que fazemos > Editais > Como inscrever.

 

Para o mais tradicional deles, o Edital de Apoio a Projetos, são aceitos projetos que contribuam para a conservação da natureza em todo o Brasil e que sejam realizados por instituições sem fins lucrativos, como organizações não governamentais ou fundações ligadas a universidades.

 

Já para o edital conjunto Fundação Grupo Boticário & Fundação Araucária, podem ser inscritos projetos de instituições paranaenses que contribuam para a conservação da natureza no Paraná, com prioridade para a região da Floresta Ombrófila Mista (Floresta com Araucárias) e para a região litorânea do estado.

 

Para a linha de financiamento de Apoio a Programas, criada em 2010, é necessário enviar, até 10 de setembro, uma carta-consulta para o e-mailpicn@fundacaogrupoboticario.org.br, com informações gerais sobre a iniciativa a ser proposta.

27 ABRIL - SEX
Ameaçada de extinção
11 NOVEMBRO - SEX
Créditos de carbono
27 OUTUBRO - QUI
Lazer na Mata Atlântica
28 MARçO - QUA
Hora do Planeta 2012
Busca Detalhada
Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja em termos de noticías.