Campo Grande-MS 23.06.2017
208 T16 Pikes Peak
Sexta-Feira, 24.05.2013 às 00:01
208 T16 Pikes Peak
Sébastien Loeb realiza primeiro teste com o 208 T16 Pikes Peak
Maisa Salmi - Peugeot
Revista Top Vitrine
Divulgação/Peugeot
208 T16 Pikes Peak com a roupagem oficial

Após sua primeira experiência a bordo do 208 T16 Pikes Peak, Sébastien Loeb está pronto para pilotá-la no Colorado, dia 30 de junho. O piloto, nove vezes campeão mundial de rali, acredita que tem em mãos a máquina ideal para vencer a famosa corrida para as nuvens. O próximo passo será domar completamente a fera de 875 CV.

 

Clique sobre a imagem para ampliá-la

 

Quando o helicóptero em que estava Sébastien Loeb aterrissou ao lado da pista de segurança em La Ferté-Vidame, no noroeste da França, a grande estrela do rali mundial acreditava que estava prestes a iniciar uma sessão de testes de rotina.

 

Porém, depois de realizar apenas algumas voltas, o piloto se deu conta de estar diante de algo totalmente diferente. “O 208 T16 é um foguete! O carro é muito potente, incrível. A primeira vez que você o dirige fica atordoado a cada troca de marchas, pois as mudanças são realmente brutais, então é preciso um mínimo de tempo para se adaptar ao choque. Logo você se acostuma, mas no início você chega a ficar desorientado”, contou Loeb.

 

É fato que o piloto francês, acostumado a situações extremas vividas durante as mais difíceis etapas do rali mundo afora, estava atônito ao comentar sua primeira experiência a bordo do 208 T16 Pikes Peak.

 

“Eu nunca havia dirigido nada que acelera tão rápido! Nas marchas mais baixas, um carro de Fórmula 1, por exemplo, não entrega a potência máxima, mas com o Peugeot é um verdadeiro “bang, bang, bang” a maneira como você se move a cada troca de marchas. Graças à transmissão com tração nas quatro rodas e o motor turbo, a arrancada é fenomenal. Você se encontra em sexta marcha a 240 km/h muito rápido”, explica.

 

De fato, completando 0-100 em 1.8s, o 208 T16 Pikes Peak deixa qualquer Fórmula 1 para trás. Mas não foi apenas a caixa de velocidades que causou esse impacto ao piloto: “A aerodinâmica e os pneus largos garantem uma frenagem incrível. Na verdade, o ‘pacote’ entregue pelo veículo combina o melhor de diferentes universos, já que ele possui a aerodinâmica de um Fórmula 1, pneus largos como dos protótipos destinados às provas de resistência e o diferencial de um WRC.

 

Resumindo, é uma combinação que ‘dá asas’ ao piloto”, afirmou Loeb. Sébastien Loeb tem sido conquistado pela experiência única em cada uma das etapas do processo de familiarização com o carro.

 

“Tenho conduzido diferentes tipos de carros ao longo de minha carreira, mas isso é totalmente diferente de tudo o que conheci. A performance de aceleração e a potência das frenagens são mais próximas de um Fórmula 1 do que de um carro de rali. Seu manuseio também é fantástico, pois não há tanta aderência. Além disso, a tração nas quatro rodas contribui para a estabilidade. É um carro com muito potencial!”.

 

De acordo com o experiente piloto, é importante dar um passo de cada vez, já que ele ainda não conhece os limites do 208 T16 Pikes Peak. Depois desse primeiro teste, Sébastien Loeb já tem uma ideia melhor da máquina que tem em mãos para esse grande desafio, mas afirma que ainda há muito trabalho pela frente.

 

Até o dia da disputa, o piloto terá que domar o carro para garantir uma distância segura dos perigos que o aguardam ao longo do vertiginoso percurso de 20 quilômetros. Para tanto, a Peugeot Sport agendou um extenso programa de testes, levando em conta circuitos de grande altitude. “Mal posso esperar para guiar o 208 T16 Pikes Peak no Colorado”, completou o piloto.

05 OUTUBRO - SEX
Tony Kanaan na Stock Car
07 NOVEMBRO - QUA
Copa Caixa Stock Car
09 DEZEMBRO - DOM
Cacá Bueno é penta da Stock Car
09 NOVEMBRO - SEX
Copa Troller
Busca Detalhada
Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja em termos de noticías.